PROJETO FIBRO 
FIBROMIALGIA, VOCÊ PODE VIVER SEM ELA!

Você sofre com a FIBROMIALGIA?

Já faz algum tratamento por mais de 1 ano e não diminuiu ou eliminou sintomas? 

Você toma muitos remédios e as dores não cessam?

Você não tem mais qualidade de vida nem esperança de melhorar porque dizem que é assim mesmo?

Sinto lhe dizer, mas está se tratando de maneira errada, pois não é para ser assim.

Primeiro vamos falar um pouco sobre a Fibromialgia, ela é uma queixa dolorosa musculoesquelética difusa e pela presença de pontos dolorosos em regiões anatomicamente determinadas (Wolfe, 1990). Vem acompanhada de vários sintomas como fadiga crônica, distúrbio do sono, rigidez muscular, parestesias (formigamento, pontada, agulhada, adormecimento, pressão), cefaléia, síndrome do cólon irritável, fenômeno de Raynaud, e a presença de alguns distúrbios psicológicos, como ansiedade e depressão.

Já vi apresentarem mais de 100 sintomas para fibromialgia, como por exemplo: problemas articulares, reumatológicos, digestivos, urinários, ginecológicos, entre outros. Porém, esses diversos sintomas estão ligados às patologias associadas, principalmente ao estresse emocional crônico. Não existe exame específico para diagnóstico, pois trata-se de uma síndrome, ou seja, muitos sintomas envolvidos, sem causa definida e patologias associadas, então o diagnóstico se dá por exclusão de outras patologias.

É preciso ver a doença como aliada e não inimiga, ela está te passando uma mensagem, te dizendo que precisa MUDAR.

Mudar sua maneira de se relacionar, com o passado, com as situações, com as pessoas e com vc mesmo(a).

Precisa fazer diferente, pensar diferente, comer diferente, viver diferente, pois o que está fazendo não está "dando certo". Vemos a dor como algo ruim e na verdade ela é apenas um sinal para que percebamos o que acontece de errado, A inflamação a mesma coisa... Nosso corpo se refaz todos os dias, todo dia novas células nascem esperando novas programações, e nós continuamos nas mesmas programações, como podemos melhorar?

O estresse emocional crônico se manifesta através de diversos sintomas como insônia, problemas de pele, perda de memória, foco, entre outros) está associado a Fibromialgia juntamente com questões emocionais não resolvidas e padrões familiares. 

>Para saber mais sobre estresse emocional crônico e seus sintomas CLIQUE AQUI

 

É preciso entender uma coisa, a doença é mensageira de que tem alguma coisa errado com você, mas não no físico, nas relações com as pessoas, com as situações, como está administrando sua vida com relação aos seus ideais, sonhos e valores. Somados a questões emocionais infantis não resolvidas e padrões familiares que se repetem e problemas com o "segundo cérebro", que é o intestino! Com os hábitos alimentares de hoje, com comidas processadas, industrializadas, muito açúcar, aditivos etc, ou seja, uma alimentação inflamatória, o intestino não absorve corretamente as vitaminas, minerais, coenzimas, aminoácidos essenciais, causando dores, inflamações no corpo, fadiga crônica e até doenças auto-imunes.

A Fibro se encaixa na psico-neuro-endocrino-imunologia, que engloba imunologia, neurociência, psicologia, psiquiatria. Fala da conexão entre corpo e mente, onde as emoções, através de neurotransmissores e hormônios, tem impacto no sistema imunológico, consequentemente no organismo como um todo. Ela é um “estado” de dor, os medicamentos apenas amenizam alguns sintomas, por um tempo, o trabalho deve ser mais profundo e integrativo e a psicoterapia é fundamental. É necessário aprender a controlar o estresse, a ansiedade, as emoções, sentimentos ruins, tristeza, mágoas, raiva, medos, culpas. Importantíssimo a mudança de hábitos alimentares (trocar alimentação inflamatória por alimentação saudável), fazer uma suplementação até o corpo desinflamar (um nutrólogo ou ortomolecular são indicados para essa orientação) e fazer atividade física.

 

Na minha prática clínica, observei alguns padrões com relação a situações que as  pessoas, portadoras de fibromialgia, vivenciaram e/ou vivenciam: traumas infantis não resolvidos, ter que ser adulta muito cedo, reprimir seus sonhos, fazer o que os outros esperam / querem dela, cuidar mais dos outros do que dela, não saber dizer não, querem dar conta de tudo, muitas vezes sozinhas, querem que tudo seja do seu jeito/ controle. Algumas pessoas estiveram ou estão em relações abusivas (muitas vezes disfarçadas de amor, com ciúmes excessivo, proibições, não tem voz ativa em casa, são humilhadas, dependentes emocionalmente e até financeiramente.  

 

Situações como: "eu não aguento mais", "é demais pra mim", eu não posso mais", "eu não quero mais",  "eu deveria ter feito...", "eu não fiz o que queria por causa dele(s)...." entre outras mais situações que geram mágoas, raiva, culpas, e que tem o medo, o apego e carências pro trás. Tudo isso traz o sentimento de incapacidade, impotência, perante o mundo, isso tudo DÓI muito e paralisa,  é o aviso para que que você pare tudo do jeito que está fazendo, e faça diferente.

 
Então criei o PROJETO FIBRO, porque você merece mudar essa situação e eu posso te ajudar. Você vai poder identificar, acolher, ressignificar e modificar todas as questões que causam suas dores. Vai mudar padrões e hábitos, através de novos aprendizados, exercícios mentais, ressignificando, ampliando, e transformando tudo em você.

Não é milagre, é um trabalho que exige disciplina e dedicação, mudança de hábitos de pensamento, comportamento, alimentação. É "mudar a chave", como eu digo! Integrando CORPO, MENTE e ESPIRITUALIDADE! 

Resgate sua qualidade de vida, alegria e se liberte!

Atendo pessoas em várias cidades do Brasil e no exterior, pois o atendimento é on-line.

Mas também pode ser presencial no endereço em São Paulo - SP

Agende sua primeira sessão (avaliação gratuita):  CLIQUE AQUI

INSCREVA-SE no grupo Projeto Fibro

https://www.facebook.com/groups/2096425183998847

Veja mais depoimentos na página RESULTADOS, clique em